sábado, 4 de abril de 2009

Linguagem e Termos Goreanos

Goreano é a “Língua Comum” de Gor e é a junção de vários dialetos, sendo ela única, o que mantêm os Goreanos de diversas partes unidos. Se você não pode falar a “língua comum”, você é geralmente considerado um Bárbaro. Goreano é considerada uma linguagem forte, mas que pode ser completa e bonita. Os que vivem em AR, têm um sotaque mais limpo e suave. Existem também acentuações que diferem as Castas Altas das Baixas, embora algumas castas altas de artesãos falem com um sotaque perto da casta alta. Existe uma forma arcaica de Goreano, utilizada principalmente pelos Iniciados, conhecido como Goreano Antigo. Os médicos também mantêm registros em Goreano Antigo. Outras línguas também existem em GOR, incluindo a dos Caçadores Vermelhos, dos Selvagens Vermelhos e dos Nativos das Selvas do Sul. Os Kurii e os Priest-Kings também possuem suas próprias línguas.

Na escrita Goreana, a primeira linha é comumente escrita da esquerda para a direita e a segunda é escrita da direita para a esquerda. Esta continua em forma alternada. Dizem que ao serem lidos e escritos, os textos Goreanos “ lembram o arado dos bois”. Goreano pode ser impresso ou escrito por extenso. Cada cidade tem um estilo reconhecido de escrita. Embora algumas cartas foram padronizadas para fins comerciais e legais. Existe também uma forma de escrita taquigráfica. Goreano tem mais substantivos capitalizados do que em inglês. O Contexto geralmente indica quando um Substantivo Goreano será capitalizado. Na Região de Tahari, embora eles falem Goreano, usam um sistema diferente de escrita chamado Taharic.

O Alfabeto Goreano tem vinte e oito (28) letras, incluindo:




As últimas quatro letras não são explicadas nos Livros, por isso, é apenas especulação sobre o que podem representar. Sidge, provavelmente deriva-se do cuneiforme e pode representar a letra “C”. Val pode representar a letra “V”. Altron pode representar a letra “L”, pelo som. Há nove (9) vogais em Goreano, quatro das quais foram identificadas. Existem dois sons “L” e um deles é mais afinado. “W” existe apenas em palavras de origem da Terra. Muitas cartas têm uma variedade de pronuncias dependendo do seu contexto lingüístico. Infelizmente, o alfabeto completo não é listado nos romances, mas havendo um esforço em unir essas informações eu postarei em breve.

Analfabetismo é algo comum em GOR, especialmente para as Castas Baixas. A Alfabetização segue habitualmente as linhas das Castas, as Castas Altas tem de ser alfabetizadas. Mas, alguns Guerreiros são analfabetos ou fingem ser para não ofender à outros guerreiros. Outros no entanto, são muito orgulhosos de serem alfabetizados. Mas, o analfabetismo não é tido como sinal de estupidez. Muitos Goreanos também possuem notáveis poderes de memorização. Como as crianças, que aprendem uma variedade de mecanismos para treinar sua memória com retenções potenciais. Muitos poetas e cantores recordam as suas obras e nunca as põe em papel. A Musica nunca é escrita, ou seja, é memorizada e transmitida de professor à aluno. Além disso, muitos Goreanos jogam Kaissa (Xadrez de GOR – vide texto sobre Kaissa, o Xadrez de GOR) sem a utilização de um tabuleiro, se baseando em suas memórias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget